quarta-feira, 16 de abril de 2014

Complicações quanto ao último ato do AC/DC


O AC/DC em breve anunciará os seus planos para 2014, mas boatos perigosos surgiram. Se espalhou que o membro da banda que estava doente há uns anos atrás era o guitarrista, compositor, fundador e líder da banda: Malcolm Young.


O irmão mais velho de Angus está com um problema degenerativo... no cérebro. E no próprio estúdio não consegue se lembrar como tocar as velhas músicas, o que impossibilitaria uma turnê, mas ainda sem confirmar datas de turnê ou álbum, um comunicado no site oficial da banda confirmou que eles continuarão, infelizmente sem o velho Malcolm. O AC/DC sempre dá um jeito de falar pouco. Se eles fizerem um álbum novo será o primeiro sem o Young mais velho... 


Houve um sobrinho dos Young que o substituiu no passado quando estava doente, pois além de ser parecido visualmente também tinha um estilo de tocar parecido. Será que Steve Young ainda está por aí? O grande vocalista Brian abriu a boca mais uma vez após esses boatos e bateu de novo na tecla que seja lá o que farão, será pela última vez. E pelo visto o álbum ainda não está confirmado, eles vão apenas tentar e se sair algo bom... lançam.

"Nós, definitivamente vamos nos reunir em maio em Vancouver. Vamos pegar as guitarras, e fazer uma jam, aí então veremos se conseguimos criar alguns sons e ter algumas ideias. Se rolar, nós vamos gravar. Esse seria um jeito maravilhoso de dizer adeus. Adoraríamos fazer isso. Mas no momento está tudo sendo planejado com muita cautela."
"O AC/DC é uma família muito restrita. Nós aguentamos as pressões dos anos 80 e 90 quando as pessoas falavam que deveríamos mudar o nosso jeito de vestir e também a nossa música. Mas não fizemos isso, e as pessoas viram isso como algo de valor e verdadeiro."

Maior banda de rock que já existiu (e existirá). Estaremos aguardando por vocês e desejando o melhor ao Malcolm.

Gato de Botas 2


O filme solo do personagem Gato de Botas, do Shrek, receberá uma continuação. O próprio dublador Antonio Banderas que confirmou.

"Começamos o novo filme há quatro dias. O primeiro foi muito bem recebido pelo público e pela crítica e o personagem continuará o seu caminho. Jeffrey é um dos meus produtores favoritos, faço o que ele quiser. Esse personagem nasceu há 12 anos. Nos divertimos muito com ele e parece que o público também. Estão faremos uma continuação", 

Bem, eu gostei do primeiro, achei engraçado, mas dava pra ser ainda melhor... e pior, né? Hehe, Vai saber. Por enquanto há só isso, nada de data confirmada ou algo do gênero.

Novo trailer do filme dos X-Men tem novidades


O novo trailer explica melhor a missão do Wolverine voltando ao passado. 


Uuuuuuh, vão tirar o Magneto da prisão e vários personagens voltarão, estou ansioso. 

KISS mantém postura mesmo após entrar no Rock and Roll Hall of Fame


O Hall of Fame é vergonhosamente reconhecido por manter o seu nome enquanto atrasa décadas para eleger grandes nomes do rock como Rush, Alice Cooper, e esse ano, Nirvana e Kiss. Paul Stanley e Gene Simmons sempre falaram mal do Hall e apesar de terem comparecido na cerimônia e agradecido a homenagem, eles se provaram mais uma vez roqueiros de verdade sem mudar a sua postura ou opinião.

O evento homenageou apenas os membros da formação original, levando em conta que substitutos fizeram grandes trabalhos como Psycho Circus e Monster, de 2012. No seu discurso Paul falou como aquela noite era "para quem compra os álbuns e os ingressos para os shows, não críticos nomeadores.

“As pessoas, eu acredito, estão falando ao Rock And Roll Hall Of Fame, e o que estão dizendo é: ‘Nós queremos mais’. Eles merecem mais. Eles querem ser parte da nomeação. Eles não querem ser alimentados com um punhado de ‘people choices’. As pessoas pagam pelos ingressos, elas compram os álbuns. As pessoas que fazem a nomeação não fazem isso. Não vamos esquecer de que são as pessoas que fazem isso possível. Nós somente nos beneficiamos disso.”


Sua crista não abaixou e posteriormente ao evento o cantor ainda chamou Jann Werner, o co-fundador do Hall e editor da revista Rolling Stone de verme covarde:

“Nosso tratamento na cerimônia confirmou minhas piores suspeitas. Wenner e o resto são vermes covardes. Nós fomos ótimos e Wenner permanece um homenzinho pequeno.”



Acontece que na festa pós-premiação eles foram tratados como penetras pois não receberam os passes de entrada oficialmente. O linguarudo Gene também não deixou de alfinetar e comentou no seu Twitter: “Rolling Stones. Idiotas no passado. Idiotas agora.”


Acho que essa foi a única vez na história em que Paul falou mais que o Gene, hehe.


Quanto ao futuro, a banda realmente não pretende parar, como tem feito desde... sempre. O problema é que, a voz do vocalista principal Paul Stanley realmente se deteriorou e é um fato: ele não canta mais. Porém, o Starchild se recusa a pensar em aposentadoria e disse em entrevista que no que depender dele, o Kiss continua com apenas ele de membro original.

Paste: Tanto você como Gene já disseram que tanto ACE como PETER são importantes para a fundação do Kiss. Mas onde você acha que a banda estaria hoje em dia se eles não tivessem aceitado fazer a reunião em 1996? Quero dizer, eles obviamente tinham muito a ganhar também.
Stanley: Eu teria que dizer que não estaríamos onde estamos hoje. Voltar daquele modo nos permitiu reclamar aqueles quatro personagens icônicos e seguirmos dali em diante. Então a reunião foi muito importante. Com certeza.Foi a base sobre a qual retomamos nosso legado.
Paste: Você acha que o Kiss ainda estaria aqui caso ela não tivesse ocorrido?
Stanley: O Kiss sempre vai estar por aqui, porque, se tiver que chegar a isso, eu sou o Kiss. Não digo isso com desrespeito a Gene. No fim das contas, significa que não importa o que qualquer um faça, eu seguro essa banda e a manterei marchando.
Paste: Eu acho que muitos fãs do Kiss entendem que, sem Paul Stanley, não há Kiss. Gene aceita isso? [risos] Quer dizer, ele agradece a você por isso?
Stanley: Ah sim, ele reconhece isso provavelmente mais do que nunca, porque eu acho que ele está mais à vontade consigo mesmo. Eu de fato acredito que ao se casar e olhar para seu passado, vendo o porquê de ele ser como é, o tornou mais aberto a admitir isso, o que é ótimo.


Musicalmente, liricamente e carismaticamente eu prefiro o Paul Stanley, mas a grande voz que ele tinha morreu, por isso acho que o Gene vai durar mais que ele. Bem, enquanto as pessoas continuarem comprando os ingressos sabemos que eles não pararão. Quanto ao Hall, ainda estão de fora grandes nomes como Deep Purple, Motorhead, Iron Maiden e Judas Priest.

Acompanhe quantas almas já foram perdidas em Dark Souls II


A série começou com Demon's Souls(PS3) que já ficou famoso pela dificuldade absurda. A tragédia continua e Dark Souls II já conta com mais de 13 trilhões de almas perdidas. Veja as causas das mortes:

Inimigos: 123.196.109
Quedas(...): 33.882.085
Outros jogadores: 12.285.500
Outras causas: 10.992.560
Armadilhas: 3.123.367

Moral da história: Olhe por onde anda em Dark Souls II. Bem, mulekadinha, eu ainda tenho que jogar o primeiro, então não esperem por alguma análise minha. Se você quiser acompanhar as mortes somadas do Xbox e PlayStation 3 pode conferir nesse site aqui

P.S: Estou prestes a entrar em uma onda de grande tédio onde talvez seja difícil até escrever no blog, sobrando pouco para fazer, entãããão, eu achei a solução! Comprar RPGs! Aqueles imensos para o meu PSP (já que a minha TV fica piscando e é impossível jogar o PS3 assim)! Tô pensando em Parasite Eve, Disgaea (o que realmente vai matar o meu tempo), o FF IX pra rejogar e talvez algum Persona. Alguma recomendação?

domingo, 13 de abril de 2014

Capitão América 2 = ponto para a Marvel


Depois do cocô que foi Homem de Ferro 3, eu nem sequer ia assistir o segundo filme do primeiro vingador. Nada nos trailers me atraía muito. Eis que começaram a sair uns comentários na internet dizendo como "O Soldado Invernal" era o melhor filme de heróis já feito e eu resolvi conferir. Apesar desses comentários serem exageradíssimos, o filme é a melhor coisa que a Marvel fez depois dos Vingadores.

Afinal, o que aconteceu?


Depois do sucesso dos Vingadores, a Marvel Studios resolveu investir em produções de má qualidade. Homem de Ferro 3 é um dos filmes mais decepcionantes que eu assisti na minha vida e é difícil arranjar  um motivo inteligente para a existência da série S.H.I.E.L.D. O Thor até que foi legal, mas se você compara com a animação da época dos Avengers, isso tudo é bem broxante. Eis que Capitão América 2: O Soldado Invernal vem para salvar a pátria.


Sem delongas, o filme sucede na função de dar sequência tanto a "O Primeiro Vingador" quanto a "Vingadores". Aquelas menções a outros heróis já se tornaram comuns e elas continuam, mas o filme consegue se focar no universo do Capitão América, que se forma com o segundo filme. Desde os mais secundários personagens do primeiro filme até o vilão Caveira Vermelha são relembrados durante o enredo.


Falando no enredo, Steve Rogers vive de limpar sujeira do Nick Fury junto com outros agentes como a Viúva Negra, mas claro que o super-soldado é o curinga na manga da S.H.I.E.L.D. Assim como em Vingadores ele continua não muito feliz com todos esses segredos e é nisso que se desenvolve a trama do filme: segredos obscuros e espionagem entre agências secretas. Quem lê quadrinhos, ou mesmo acompanha o que eu escrevo não terá muitas grandes surpresas, mas ainda assim a história nunca para de evoluir, com revelações e eventos ousados, ao contrário de Homem de Ferro 3, o filme mais inseguro de todos os tempos. Aliás, é bem o oposto, CA 2 tem momentos de tristeza e tensão, adicionado às boas piadinhas de sempre. Que o erro de Tony Stark não seja cometido novamente.


O Soldado Invernal apesar de ocupar o título do filme, realmente não é o foco dele. Pra quem já conhecia o personagem, é aquilo lá mesmo. Porém, ele serve muito bem de extra na história enquanto a salada de segredos da S.H.I.E.L.D. vai se desenvolvendo. O personagem apela pro lado pessoal da história de Rogers, que agora se passa em um ambiente moderno que apesar de não estar em guerra está muito mais intenso.


Enquanto HF 3 apresentou vários personagens que deveriam ser fortes, mas faziam nada, CA 2 apresenta vários muito bem. Falcão, Viúva Negra e Nick Fury têm o seu espaço e importância no enredo sem atrapalhar na história do Capitão. Aliás, o filme é longo, explorando de pouco em pouco as particularidades de cada personagem. Já falei da ação? Bem, vale a pena ir mais fundo.


Desde o início o filme é intenso com cenas de ação EXTREMAMENTE bem dirigidas. Aqui Capitão América luta melhor que o Batman de Nolan, aliás, parece até uma dança. Aquelas coisas impossíveis que jamais alguém conseguiria fazer, mas... algum personagem tem que fazer isso e o Cap. ocupa muito bem esse espaço. 


O Soldado Invernal é mais uma vítima do que um super-vilão, algo que o filme não tem. Ele pode ser legal, mas não fica no mesmo plano que caras como Loki, Magneto e Dr. Destino. Mas apesar de não fazer planos, ele garante as melhores cenas de ação contra os heróiS do filme, que por fim tem vários personagens intensos e marcantes, perseguições, tiroteios e "luta de saí na mãu!"




Fim


Assim como Thor 2 (e preciso nem dizer, ao contrário de HF 3) o filme deixa um excelente espaço para uma trama futura bem forte. Pensando bem, até melhor que o Thor 2, já que aqui a história se fecha completamente e eles deixam abertura para o próximo. O filme começa muito bem e assim se mantém até o final. Como prometido, o pós-créditos faz ligação com os Vingadores 2, mas é nada demais, me deu até raiva. Aliás, é a única coisa que eu não gostei, podiam ter colocado alguma informação mais forte. Como você pode ver, eu não escrevi muito, e é justamente o que eu faço quando o filme tem muitas surpresas te aguardando. Apesar de ser nada que você nunca viu na vida, "O Soldado Invernal" por enquanto é o melhor exemplo de continuação da Marvel Studios, cumprindo bem a tarefa de aumentar e melhorar o que tinha no filme anterior. Agora.... "texto longo analisando..."

O Universo Marvel


Em Avengers 2 teremos o Ultron, é um vilão muito foda, que não o estraguem. Mas se formos comparar, a "Fase 2" no cinema foi bem fraquinha no que se trata de trazer mais personagens, esse último filme me fez pensar nisso. Enquanto a primeira fase mostrou Loki, Abominável, Caveira Vermelha e Thanos, essa teve o Malekith (que é chato), o Mandarim que foi ridículo, e o Soldado Invernal, que não serve como vilão dos Vingadores. Abaixo, leves spoilers das cenas pós-créditos (nada relacionado a história do filme do Cap.):

O Caveira Vermelha tem que voltar logo


O filme trouxe o Soldado Invernal, mas ele só é um inimigo por causa de outros vilões, e quem é o fodão da H.Y.D.R.A.? Exatamente, o Caveira Vermelha. Eles acabaram mudando de ideia quanto a coloca-lo no primeiro Avengers, mas acho que cedo ou tarde ele tem que voltar. Na cena pós-créditos aparecem Mercúrio e Feiticeira Escarlate em custódia dos vilões, e também o cajado do Loki. O que o cajado faz? Faz ligação entre outros espaços. E onde o Caveira Vermelha tá? Em outro espaço. Eles tem que trazer o feioso de volta pra Capitão 3, sempre acho forte trazer o vilão da primeira história de volta no terceiro filme. Na trilogia Batman foi o Bane, mas meio que a Liga das Sombras já era inimiga do "Begins" com o Espantalho e o Ras al Ghul, então acaba ficando uma ligação legal! Quem mais ficaria bacana liderando uma nova HYDRA?

O Hulk...


Foi um grande desperdício da Marvel não dar continuidade ao Hulk. Eles ficam pensando em filmes da Viúva Negra e do Máquina de Guerra, mas nada disso pode ficar muito legal. Já o Hulk poderia trazer personagens fortes, o Líder que ficou suposto no último filme e...

O Hulk Vermelho


Com certeza seria a melhor adição pra fazer companhia ao Ultron como vilão novo. Primeiro que ele é o General Ross, então ele já está lá desde o primeiro filme, não é um personagem novo, é só transformá-lo. E aí, depois que o Hulk fosse para uma aventura diferente, como "Planeta Hulk", ele poderia ocupar o cargo dele de membro dos Vingadores, como ocorre nos gibis atuais. Mas pelo o que Kevin Feige diz eles tem mais interesses em histórias da Viúva Negra, do Agente Coulson, do Loki, da Capitã Marvel (jamais esquecerei disso) do que no Hulk.

sexta-feira, 11 de abril de 2014

David Goyer vai contra a maré


Há pouco tempo atrás recebemos a informação que em breve seriam confirmados planos para a montagem de um Universo DC maior nos cinemas. O roteirista David S. Goyer foi contra essa informação e disse em entrevista que ainda é cedo para que haja um universo coeso nas telas. Veja o que ele disse na entrevista com o IGN.

“Eu sei que que a Warner Bros. amaria fazer o universo deles mais coeso. Tem um monte de conversas em geral sobre isso, mas é muito, muito cedo. Eu não tenho certeza. A Marvel tem tido muito sucesso, mas eu não tenho certeza que todo mundo deveria emulá-los. Até agora tem sido uma conversa vaga”

Engraçado isso... a maior parte das pessoas acha que já tá TARDE! Tem que continuar com os filmes do Super, fazer um foda da Mulher-Maravilha e desenvolver uma máquina do tempo pra que nóis voltemos e façamos um filme espetacular do nosso amigo Lanterna Verde. Filme de Ciborgue, Capitão Marvel... acho que nada disso sai, nem do Flash.

Gostei MUITO do Man of Steel, meio que o universo do Superman nunca havia sido narrado dessa forma. Se o Zod ficou tão foda, fico loco pra ver outros personagens mais fodas como Luthor, Brainiac... Batman!