quinta-feira, 20 de novembro de 2014

Ozzy Osbourne fala sobre a voz ter enfraquecido


Já com 66 anos, o vocalista do Black Sabbath, Ozzy Osbourne, falou mais uma vez sobre as diferenças entre a música de hoje com a de antigamente. Muitos criticam o Príncipe das Trevas por não ter uma grande voz para o meio do Heavy Metal, mas em entrevista com o "Consequence of Sound" ele explicou como tem medo da forma que a tecnologia tem sido utilizada e prefere ficar com a sua voz desafinada do que ter interferência de máquinas no que faz.

“Meu trabalho é permitir que a audiência possa se divertir – mas agora você não tem que fazer isso. Eu vi Michael Jackson aparecer em holograma na TV. Foi assustador, eu disse para minha esposa: ‘Eu poderia simplesmente mandar um holograma nas turnês.’”
“Você não pode simplesmente ser uma banda ao vivo. Um amigo meu disse recentemente: ‘Ninguém mais sabe a arte, ninguém mais é artista. Eles simplesmente fazem tudo com máquinas agora.’ Na última turnê do Black Sabbath, uma das bandas de abertura estava entrando e eu lembro de pensar comigo mesmo: ‘O som deles é muito bom’. E todos estavam dublando as máquinas. Isso não é legal. Você sabe, é uma farsa.”
“Não são muitas pessoas que soam como eu, e não estou dizendo que eles querem. Eu amo fazer as coisas do meu próprio jeito. Alguns caras sobem no palco com dois pés esquerdos, mas a vida é assim.”
“Eu não quero me esconder atrás de uma máquina para fazer com que tudo fique bonito. Algumas vezes eu tenho que dizer à plateia: ‘Ei, eu estou tentando. Eu já sou um pouco velho – mas estou tentando!”
“Eu me lembro de um show em Nova York. No caminho do show, eu não sei o que aconteceu, mas minha voz desapareceu. Eu subi no palco e gritei até sair barulho. E eu não queria continuar. Eles destruíram tudo de felicidade ao me ver. Existe algo humano sobre isso, entende?”


Ótimo, agora vou passar isso toda vez que alguém vier me encher o saco dizendo que ele devia se aposentar e o Sabbath devia tirar ele. Não se trata só de técnicas. Se fosse só isso seria, sei lá, ciência talvez, mas é arte. PRINCIPALMENTE da forma que não surgem mas caras como esse. Fazer o que se os vocalistas do Purple, Motorhead, Sabbath não soam mais como antigamente? Eles tão velhos... Seria injusto trocá-los por causa disso, já basta o baterista do Sabbath não conseguir acompanhar.


Um comentário:

  1. O Ozzy só fala verdades.
    Ps:Nada pode substituir a arte.

    ResponderExcluir